Olivia

| 4 Comments

Oi Olivia!

Bem vinda ao mundo! Ou parte dele. Deixe-me mostrar um pouco do que há para ver por aí.

A sua direita (e, pensando bem, em todos os lados) você tem o que você deve chamar imediatamente de GIBI. GI-BI. É muito mais fácil e sonoro que aquela palavra horrível que teu pai quer te ensinar - História em Quadrinhos. Eles vão competir eternamente contigo pela atenção do teu pai mas isso não é um problema, você provavelmente já vai ter lido uma centena antes de sequer aprender a ler e terá pego gosto pela coisa.

Demos sorte, a sua esquerda podemos ver o Érico. Teu pai. Lá nos tempos que ainda éramos somente os filhos dos nossos pais, e não pais dos nossos filhos, ele já era uma fonte inesgotável de cultura pop e apresentou o universo dos gibis (aham) para meia cidade. Sei que ele era meu fornecedor oficial. E até hoje é a pessoa que eu escuto para saber que fração do universo devo ler, ouvir ou ver. Ah, e ele tem uma máquina do tempo. É a única explicação para ele conseguir dar conta da quantidade de coisas que ele acompanha e ainda ter meia dúzia de empregos diferentes.

Chegamos ao seu quarto. Sim, há gibis aí também. Ignore-os. Repare nas cortinas, no bordado das almofadas, no ajuste milimétrico dos quadros na parede. O quarto é seu, mas praticamente define tua mãe. Você já deve ter notado como ela é cuidadosa com detalhes, talentosa a níveis extremos e trabalhadora como poucas pessoas que eu conheço. Falando nela, olhe ela ali, do seu lado, onde sempre vai estar. Além de todas qualidades, ainda é uma das pessoas mais divertidas e bonitas que existem. Ainda lembro da primeira vez que eu a vi. Sabíamos que teu pai estava namorando alguém e, creio que foi em uma das festas de formatura dele, me apontaram - "Aquela é a Marcela", ao que eu respondi que não podia ser, era bonita demais para o Érico. Você vê, não há nada de errado com teu pai, mas eu o conheci quando ele era magérrimo, desengonçado, usava brinco - BRINCO! - e exibia sua tatuagem por aí. Difícil de imaginar? Eu não consigo mais também. Aproveitando que estás com sua mãe, diga que só vais comer fruta se ela comer também. Mas fale isso com a cara mais sapeca que conseguires.

Finalizando o tour, olhe para fora, pela janela. Essa aí é Chapecó. Chapecó fica a cerca de 700km do centro do mundo: Pelotas. Mas não se assuste. Chapecó é uma cidade quase tão boa quanto Pelotas. Teus pais certamente se esforçaram muito para torná-la habitável e ser um lugar que podes chamar de lar com orgulho. Pelo que vi, conseguiram maravilhosamente.

Então esta é uma primeira visão do seu mundo. Por aqui, estamos todos na expectativa de te ver. Literalmente não paramos de olhar o Twitter atrás de novidades e tudo que se fala é sobre que horas vais aparecer. Estamos curiosos para ver quais das qualidades dos teus pais terás herdado, mas o consenso é que qualquer combinação é fantástica. Já estamos treinando a Emilia a pronunciar seu nome e ensiná-la a arrancar páginas de livros e gibis.

Novamente, bem vinda.

Ricardo, o pai da Emilia
P.S. Se você reconhecer o meu nome ao ler isso, é porque Chapecó não se tornou longe demais
P.P.S. Perdi o seu nascimento por que fiquei escrevendo este texto!!

280137311.jpg

Categories

Monthly Archives

Tradutor

Powered by Movable Type 5.12

Tradutor

About this Entry

This page contains a single entry by ricardo published on apríl 19, 2011 10:17 FH.

Stan Lee x Obama was the previous entry in this blog.

Ela tem as minhas olheiras is the next entry in this blog.

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.